depois do sexo
vou te dizer que a tua boca
é a mais linda
e que penso
mais insanidades
do que o tom vermelho
que ela fica com a fervura
vou dizer do gosto de pecado
que tem o teu suor
quando encosto os meus lábios
em teu corpo
quente
vou te sentir 
depois do sexo
ofegante
desesperada 
para ainda 
permanecer em meus lábios
como a fumaça do cigarro

John

©